Os deliciosos pastéis do Abruzzo

pastéis_2_celli_abruzzoAs irmãs Betti  e Alessandra moram em Roma, mas são originárias de Abruzzo. Todos os anos, no domingo antes do Natal, se dedicam ao preparo dos deliciosos docinhos para a família e para dar de presente aos amigos.

pastéis_celli_abruzzo

 

A preparação dos “celli ripieni”, que na língua local significa “pássaros recheados”, leva muito tempo, mas é uma oportunidade para se reunir, conversar e passar um dia de diversão esperando o Natal. Este ano eu tive a sorte de ser convidada a participar desse evento, e não perdi a ocasião!

 

Só que elas não conheciam as quantidades: sempre fazem “a olho”. Então como interpretar o “Quanto Baste”? Eu escreveu entre parênteses o que usaria para experimentar a receita. E’ preciso controlar o ponto da massa com a adição de líquidos, pois a quantidade do líquido pode variar, dependendo também da farinha.

Ingredientes

Massa

  • farinha de trigo (1kg)
  • azeite de oliva (2 copos?)
  • vinho branco (2 copos?)
  • sal, q.b.

Recheio

  • mosto de uva cozido, q.b. (1 copo)
  • amêndoas sem pele, q.b. (300 g)
  • um pouco de açúcar, q.b. (5 colheres, ou a gosto)
  • doce de uva caseiro, q.b. (1 kg)
  • canela (quantidade a gosto)
  • raspa de limão, de preferência o siciliano (quantidade a gosto)
  • Caso seja necessário engrossar o recheio, a receita utiliza 5-6 biscoitos tipo Digestive, difíceis de encontrar no Brasil; pode então colocar a bolacha maizena.

Pastéis_celli_3_AbruzzoModo de preparo

Massa

Coloque a farinha numa superfície. Faça uma cova no centro, adicione o sal, o açúcar, e aos poucos o azeite e o vinho, misturando e dando o ponto com o outro vinho/azeite, se precisar. Quem trabalha com massas sabe que a dificuldade é encontrar-lhes “o ponto” certo, aquele momento em que a massa fica elástica e moldável de forma a conseguirmos esticá-la como queremos para obter uma massa muito fina e delicada.

Deixe a massa descansar, coberta com papel filme.

Recheio

Preaqueça o forno em 150 graus, e torre as amêndoas. Depois coloque as amêndoas no liquidificador e vá triturando até virar uma farinha.

Leve ao fogo uma panela com o mosto e a farinha de amêndoas, mexendo sempre, até engrossar um pouco (uns 20 minutos?).

Coloque o doce de uva dentro de uma tigela, adicione o mosto, a raspa de limão, a canela. O truque é o recheio não ter líquido, no caso adicione farinha de bolachas de maizena para engrossar.

Pastéis_celli_4_abruzzoMontagem

Estique a massa com apena 1 milímetro de espessura, e corte em discos de 10 centímetros de diâmetro. Coloque um pouco  do recheio no centro de cada rodela e feche bem, como para os pastéis. Depois junte as 2 pontas inferiores, para criar uma forma de tipo ferradura. Esta é essencialmente a mesma técnica que para Tortellini. Não se deve enchê-los demais, pois o recheio não deve sair de dentro deles enquanto estão cozinhando.

5_Pastéis_celli_abruzzo

Disponha-os num tabuleiro sobre papel manteiga, e asse em forno pré-aquecido médio (uns 180 graus) por 20 minutos. Quando frios, polvilhe com açúcar de confeiteiro.

6_Pastéis_celli_abruzzo

 

 

About The Author

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *