Cortina, a Rainha das Dolomitas – 1

Sede dos Jogos Olímpicos de Inverno de 1956, Cortina d’Ampezzo é a mais famosa  estação de esqui na Itália e uma cidade de turismo alpino. Fica na província de Belluno, no Vêneto.

cortina_alpes_esqui
(foto: thetraveljam.com)

Os belos vales e as montanhas desta região foram muitas vezes escolhidos por diretores de cinema e roteiristas como cenários para a realização de vários filmes, incluindo Cliffhanger, com Sylvester Stallone, e Ladyhawke, com Rutger Hauer e Michelle Pfeiffer.

Rodeada pelas Dolomitas, declaradas Património da Humanidade, Cortina é ideal para a prática do esqui no inverno e montanhismo no verão. E o Corso Italia, a rua das compras no centro da cidade, oferece aos hedonistas muitas lojas de luxo.

cortina_dolomitas
(foto: cortinablog.it)

 

No que diz respeito ao turismo de inverno, as instalações e os edifícios desportivos construídos para os Jogos Olímpicos foram reutilizados para os turistas: há quatro teleféricos com cabines, mais de vinte telecadeiras e uma decena de teléfericos para esquiadores.

dolomitas
(foto: Mauricio F. Pinho)

 

A estação conta com cerca de 80 pistas de diversos níveis de dificuldade: verdes para iniciantes, azuis de médio-baixa dificuldade, vermelhas de dificuldade média-alta, e pretas de dificuldade alta ou muito alta. As pistas para esqui de fundo, ao invés, são divididos em traçados de todos os níveis de dificuldade, praticáveis ​​principalmente na localidade Fiames e na assim chamada Ciclável das Dolomitas.

dolomites_criança
Aula de ski para crianças (foto: cortina.dolomiti.org)

 

Para aqueles que amam a boa vida e o relax, aproveitando da temperatura sempre fresquinha, também no verão, o centro da cidade é cheio de boutiques, lojas e pequenas oficinas de artesanato local. Corso Italia, no centro de Cortina, é uma rua dedicada exclusivamente aos pedestres, onde é possível fazer compras em total tranquilidade e comer nos restaurantes típicos.

Helicoptero_cortina
Passeio de hélicoptero para as Tre Cime di Lavaredo. (foto: taxicortinasci.it)

 

Entre os pratos típicos mais famosos há certamente os chenedi, bolas de pão ralado recheadas com speck, espinafres, toucinho ou queijo e servidas em caldo quente ou com manteiga derretida; o rise e bise (também conhecido como arroz e ervilhas), acompanhado de uma sopa de favas (também chamada de faariesa) ou cevada; a Gulasch süppe, uma sopa de carne picante; o Gröstl, uma tortinha de carne e batatas de origem austríaca. Entre as sobremesas: os krapfen (doçes em forma de bola feita de massa de levedura, fritos em banha ou óleo e recheados com creme ou geléia de damasco); a massa de maçã e, entre as geléias, devemos lembrar especialmente as de bagas (mutilhos, framboesas, amoras, groselhas, morangos).

Por Viviana Trovato, Guia de Turismo – vivianatrovato@libero.it

About The Author

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *