A tradição dos caracóis, São João e as bruxas

1Lumache600A Noite de São João, ou Noite das Bruxas, acontece todo ano entre os dias 23 e 24 de junho. Nesta noite magica, em Roma existe a tradição popular de comer caracóis. Vou tentar explicar de onde veio este costume.

Em Roma durante séculos na grande praça em frente da Basílica São João em Laterano, tinha uma grande festa, onde religião e  comida eram misturados. O povo, vindo de todos os bairros da capital e dos vilarejos, se reunia na praça e rezava, bebia vinho e comia caracóis especialmente cozinhados para a festa. A maioria dos eventos desta festa desapareceu, com a exceção do prato tradicional. Mas porque os romanos comiam caracóis a noite de São João?

slide
Piazza San Giovanni em Roma

A festa católica de São João Batista tomou o lugar da antiga festa pagã do solstício de verão, uma celebração marcada por incêndios e rituais mágicos. A lenda medieval diz que durante a noite entre os dias 23 e 24 de Junho, todas as bruxas voavam em vassouras para a “capital das bruxas”, ou seja a cidade de Benevento (cerca de 50 km de Nápoles), onde celebravam o Sabbat ritual com os demônios e os gatos pretos, dançando em torno de uma árvore. Antes de chegar em Benevento as bruxas se reuniam em Roma, nos campos da Basílica de S. João, roubando as almas das pessoas.

sgiovanni_piranesi
Piazza San Giovanni no século 18, gravura de Giovanni Battista Piranesi

Para desviar as bruxas os romanos comiam este prato simbólico: segundo a crença popular comer muitos chifre afastava a adversidade.

Uma tradição que sobreviveu: até hoje você pode encontrar no dia 24 as “lumache di San Giovanni”, nas antigas tratórias, especialmente preparados para a ocasião.

About The Author

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *